Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

12
Jul19

Uma apologia dos antidepressivos


Vasco M. Barreto

Screen Shot 2019-07-12 at 15.30.33.png

Publiquei hoje, na Aeon, uma apologia dos antidepressivos, essas drogas de má fama e  segundo alguns   nenhum proveito. Só agora me pergunto por que motivo o fiz em inglês e numa publicação estrangeira quase desconhecida em Portugal, se seria uma forma de preservar a imagem em Ourique, deixando-me a salvo da aura de deprimido, que já terá dado alguns dividendos em meios artísticos e marginais mas uma cultura de eficiência no trabalho e nas relações, cada vez mais orientada por métricas, tende hoje a penalizar mal se abandona a adolescência. É verdade que onde se publica pode ser revelador: diz-se que Frank Macfarlane Burnet enviou o manuscrito da sua teoria da selecção clonal (coisas da imunologia) para uma revista australiana obscura de fraca circulação de modo a assegurar a autoria da ideia (a prioridade) sem comprometer a reputação caso a ideia se viesse a revelar estapafúrdia. A Aeon também é australiana, mas a coincidência acaba aí, porque é lida online em todo o mundo anglófilo e não terá havido grande calculismo da minha parte. O artigo aparece na Aeon porque foi nessa revista que li um outro ensaio sobre antidepressivos que me deixou irritado ao ponto de lhes propor escrever uma resposta (o texto não se lê como resposta a esse artigo porque o editor entendeu  acertadamente  que um outro registo seria mais eficaz). Também sai na Aeon porque a revista paga e tenho interesse em construir um portfólio de artigos em inglês para um público generalista de modo a criar oportunidades de ganhar algum dinheiro com a escrita, o que em Portugal é muito difícil  se houve calculismo foi desse tipo, o calculismo do remediado marcado pela escrita de Luiz Pacheco, cujo talento sabe não partilhar mas cuja mítica indigência sente à distância de duas más decisões de negócio e uma temporada prolongada de prostração anímica.

Concluo assim que é escusado ler o texto como um "coming out", apesar do registo autobiográfco do primeiro parágrafo, nomeadamente porque não se trata de um segredo para quem me conhece. As minhas expectativas são agora duas: que os honorários cheguem a tempo e que consiga persuadir pelo menos uma pessoa a não cometer o erro que me complicou a vida e a vida dos que me são queridos. 

9 comentários

Comentar post

Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen

Comentários recentes

  • Anónimo

    O facto de o senhor ser responsável pelo programa ...

  • caramelo

    Blablá sarabanda alucinante bláblá geração perdida...

  • caramelo

    Eremita, o presidente da CCDR é um gestor público....

  • Maria

    O costume. Tentam a ver se passa. É incrivel o d...

  • Margarida

    Um caso estranho...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D