Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

19
Abr15

Um peixe amarelo


Eremita

O estado de irritação tem a propriedade de modular os nossos defeitos e qualidades, sendo capaz de insuflar de coragem passageira um cobarde ou de tornar algo estúpida a prosa de alguém que tende a ser inteligente todas as semanas. João Pedro George, ao gozar com o cortejo de admiradores de Herberto Helder, irritou António Guerreiro, que lhe respondeu com despropositada sobranceria. A tese de George é muito simples: os gestos tardios de Herberto Helder, em aparente contradição com a forma como tentou retirar da sua obra qualquer registo da sua biografia que não fosse mediado exclusivamente pela sua poesia, foram a única forma possível de honrar esse percurso. Isto porque facilmente uma coisa se transforma no seu contrário e não é difícil perceber que um esforço activo, prolongado e radical pela ausência de protagonismo é de tal forma distintivo que acrescenta celebridade. Saber se foi mesmo por isso ou por qualquer contradição insondável da alma que Herberto Helder, pouco tempo antes de morrer, tolerou o marketing da maior editora portuguesa e se deixou fotografar pelo Expresso estará sempre sujeito a interpretação e os efeitos práticos de tais gestos serão certamente questionáveis, mas a citação de Herberto Helder (de 1966) referida por George não poderia ser mais premonitória: "Um artista consciente saberá que o êxito é prejuízo. Deve-se estar disponível para decepcionar os que confiaram em nós. Decepcionar é garantir o movimento". Devemos pois admitir que Guerreiro não compreendeu - ou fingiu não compreender - a "espécie de fidelidade" de Herberto Helder, nem se lembrou de o que o autor escreveu sobre "a lei da metamorfose". 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Pesquisar

Comentários recentes

  • Eremita fora de Paris

    Foi mais: a democracia-cristã viu a camioneta a an...

  • caramelo

    A vantagem do Ricardo não será a academia e o seu ...

  • caramelo

    Mas eu não nunca estive em guerra contigo, valhame...

  • Manuel A. Domingos

    E o anterior comentário foi meu: Manuel A. Domingo...

  • Anónimo

    Na Medula os poetas não pagam para publicar. E con...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D