Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

04
Mai18

Silogismo do dia


Eremita

O PS deve muito a Ana Gomes.

O PS é importante para Portugal.

Logo, Portugal deve muito a Ana Gomes.

 

O Público fez um "mau trabalho" ao ignorar o tweet de Ana Gomes "O @psocialista não pode continuar a esconder a cabeça na carapaça da tartaruga. Próximo Congresso é oportunidade p/ escalpelizar como se prestou a ser instrumento de corruptos e criminosos. Pela renegeração do próprio PS, da Política e do País." Foi escrito na manhã de 21 de Abril e, à tarde, como se fosse possível haver alguma dúvida, o DN confirmava que Ana Gomes se referia a Pinho e a Sócrates. Só uma semana depois ouvimos Pedro Adão e Silva, Fernando Medina, Carlos César, João Galamba e o resto da rapaziada. O que custa mesmo é falar antes de todos os outros, quando ainda não se percebe o sentido da maré. Pelo exemplo prestado à República, o Ouriquense atribui a Ana Gomes o título de cidadã honorária da grande vila de Ourique e promoverá a inscrição do seu histórico tweet numa placa de mármore de Estremoz, que será possivelmente exibida em alguma ruela da aldeia das Alcarias, uma povoação de grande apetência por placas de mármore na via pública, para benefício da nossa memória colectiva e dinamização descentralizada do turismo no concelho de Ourique. 

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Eremita

    04.05.18

    Agradeço-te o reparo pelos meus errros factuais, mas defendo o post, RFC. Ana Gomes fez um tweet ao estilo do mestre flamengo que dá umas pinceladas - de roupão - e deixa depois que os discípulos terminem o quadro. Neste caso concreto, o Adão, o Medina e o Galamba são discípulos de Ana Gomes. Creio mesmo que atribuis uma importância exagerada ao artigo do Pedro Adão e Silva. Aliás, o artigo incomoda-me um pouco. Fica por explicar por que motivo o caso Pinho levou o PAS a exigir do PS o que nunca exigiu (pelo menos de forma tão clara) por causa de Sócrates. Há, evidentemente, várias explicações possíveis e podemos estar aqui a fazer apreciações extensas, mas creio que no final ficaria ainda a desconhecer a motivação real para este timing de PAS, que é há muitos anos sobretudo um crítico da actuação do MP. Pelo contrário, no caso de Ana Gomes, o tweet tem mesmo o eco da voz que sempre lhe conhecemos.
  • Sem imagem de perfil

    RFC

    04.05.18

    Discordamos em pormenores, Eremita, e eu passo sempre por cima disto se os convivas mais ou menos de ocasião concorda, no essencial.

    Mas, lá está, sabes tão bem como eu que não é apenas a arte literária que é intelectual e sensorialmente necessária ter-se presente na ponta dos dedos quando se escreve para um jornal. Aos prazos de entrega, junta-lhe o poder de concisão, a necessidade de uma cabeça arrumada, a tarimba adquirida, para enfrentar o horror porque passam os escribas das páginas de opinião pois têm um número limitado de caracteres (acontece com o António Guerreiro no Ípsilon, acontece com as futebolices que o Pedro Adão e Silva escreve no Record num espaço mínimo e que, algumas vezes, posta através de um texto mais longo num blogue* da especialidade e seria um nunca mais acabar evocar outros casos).

    Nota, ainda assim. Há uma famosa frase sobre isto, aliás, que se adequa bem ao momentoi: "desculpa a carta ir tão grande, mas não tive tempo de a fazer mais pequena", nem mais!

    ______

    lexico-familiar.blogspot.com/ , é o asterisco.
  • Sem imagem de perfil

    RFC

    04.05.18

    por que, assim.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Pesquisar

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Os tiros na IL e no escroque do Chega são balas pe...

    • caramelo

      Tu gostaste do texto do João Júlio Cerqueira? Tu é...

    • Anónimo

      ... "assassínio da INcompetência", entendo-te, mas...

    • Eremita

      Escrevi "assassínio da competência" fazendo o para...

    • Anónimo

      «Mas o que é esta diatribe de RAP senão um assassí...

    Links

    WEEKLY DIGESTS

    BLOGS

    REVISTAS LITERÁRIAS [port]

    REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

    GUITARRA

    CULTURA

    SERVIÇOS OURIQ

    SÉRIES 2019-

    IMPRENSA ALENTEJANA

    JUDIARIA

    Arquivo

      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D