Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

01
Fev17

Queremos um debate alargado sobre a eutanásia?


Eremita

Nas questões "de consciência", há sempre dois tipos de apelo ao debate alargado. O mais comum é o apelo calculista e hipócrita, em que a ideia é perpetuar o debate até deixar de haver pressão para que se mude o status quo. O menos comum é o apelo genuíno, por se pensar que todos devem participar nesta discussão. Nem sempre quem faz o apelo genuíno é ingénuo ao ponto de esperar que a qualidade da discussão suba com o aumento do número de participantes, mas terá sempre presente o ideal do cidadão informado como unidade essencial da democracia. Ora, se para levar o cidadão a formular uma opinião sobre um tema como a eutanásia é preciso saturar os media com o assunto, sem que possamos depois distinguir entre o que é conhecimento amadurecido e o que se instalou no cérebro por difusão passiva, para que serve o debate alargado? Vale a pena pôr a eutanásia nas mãos dos nossos polemistas profissionais e deixá-la depois à mercê de um gangbang nas caixas de comentários? Até entre médicos, uma jurista e outra gente diferenciada, no Prós e Contras, a sensação que fica é de grande desconforto, como se não fôssemos capazes de estar à altura do tema, nem da dialéctica; como se Yeats tivesse razão: "the best lack all conviction, while the worst are full of passionate intensity". 

 

Há livros sobre o assunto. Há bons debates sobre o assunto. Vale a pena ser elitista e reabilitar o argumento de autoridade - inclusive moral - como critério de selecção do que se lê, ouve e vê. Não vale a pena perder tempo com a opinião de um blogger anónimo, por exemplo. De resto, a única opinião que este blogger anónimo formulou esta semana foi a seguinte: a ideia de que os meus últimos dias e a minha morte podem ser influenciados pela opinião do povo (o referendo) ou de deputados deixou-me com ânsia de fazer fortuna nos próximos anos, a tempo de um dia, se for necessário, eu e os meus podermos fugir de toda esta gente.

Pesquisar

Comentários recentes

  • caramelo

    Olha, está giro, não conhecia isso. Mais um bocadi...

  • caramelo

    Já me disseram que é tecnicamente muito bom (a ref...

  • Diogo Almeida

    Aposto, sem ver mais nada além do trailer, que é u...

  • Sarin

    Subscrito na íntegra.O comentário posterior também...

  • Lowlander

    Caro Caramelo,"Soylent Green is people!!!":)

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D