Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

20
Set17

Provavelmente o melhor divulgador de Filosofia


Eremita

Para aprender Filosofia, o melhor método é ler o que os filósofos escreveram. Mas como o tempo é limitado, os divulgadores de Filosofia também cumprem um papel. Há uns dias, descobri o podcast Philosophize This! e atrevo-me a dizer que é feito pelo melhor divulgador de Filosofia do mundo ocidental (entendam a afirmação como um desafio). É melhor do que os calhamaços de Bertrand Russell e Anthonny Kenny, melhor do que os vídeos do carismático Rick Roderick, melhor até do que o Philosophy Bites. Salvo erro, é feito exclusivamente por um americano de Seatle, de 28 anos, que não tem sequer educação universitária e entende a divulgação da Filosofia como o seu projecto de vida - seria difícil difícil encontrar alguém com melhor currículo e carta de motivação. E assim, pela primeira vez na vida, senti-me tentado a apadrinhar (monetariamente) um podcaster

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Eremita

    20.09.17

    Veja se algum destes escreveu coisas de jeito: Francis Bacon, J.L. Austin, Jeremy Bentham, Isaiah Berlin (espero que não atribua o eventual mérito da sua filosofia aos genes russos), Thomas Hobbes, John Locke, John Stuart Mill, Bertrand Russell, Roger Scruton, Bernard Williams... Vamos aos norte-americanos? Richard Rorty, Jonh Searle, John Rawls... Enfim, até parece que a contribuição da Península Ibérica para a Filosofia foi extraordinária.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    20.09.17

    Não reconheço a nenhum deles (nenhum), nem a Thomas Hobbes (talvez o mais próximo do sentido que dou a pensamento), valor como pensadores. São prolongamentos e consequências naturais de um tipo de reflexão sobre política comercial que entretanto se vulgarizou no mundo. Pensamento têm por exemplo, Camões, Gil Vicente, Cervantes, Velázquez (sim, o pintor), Camilo, Galdós, Manoel de Oliveira... É preciso separar o falar sobre as idéias do encarnar as idéias. Neste sentido, é verdade que quase tudo o que passa por história da filosofia não passa de esquemático esboço de idéias. O Antero suicidou-se por causa disso mesmo, não entendeu que o pensamento ibérico é feito da encarnação das ideias e não de sistemas filosóficos, como ele tanto queria para os portugueses.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Pesquisar

    Comentários recentes

    • Anónimo

      RFC2 DE JUNHO DE 2020 ÀS 17:12Valulupizinho, porra...

    • Anónimo

      2/2LENA ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES, SA, pela prática...

    • Anónimo

      Quem tramou José Sócrates? Nós todos (Ep11, onze!,...

    • caramelo

      Leitor, eu quando li "insinuação" pensei que por l...

    • Anónimo

      Não vou alimentar uma discussão que nasce de um ma...

    Links

    WEEKLY DIGESTS

    BLOGS

    REVISTAS LITERÁRIAS [port]

    REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

    GUITARRA

    CULTURA

    SERVIÇOS OURIQ

    SÉRIES 2019-

    IMPRENSA ALENTEJANA

    JUDIARIA

    Arquivo

      1. 2020
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D