Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

22
Set18

Pirilaus à moda do Porto - um repto


Eremita

Adenda a 25.09.18: afinal este episódio é bem mais interessante do que parecia. E o que pode ser mais interessante do que o sexo e a censura? Obviamente, a embriaguez do poder.  
 
João Ribas, director do Museu de Serralves, e Paula Fernandes, curadora, organizaram a exposição de Mapplethorpe com 179 trabalhos do fotógrafo americano. A publicidade institucional vinca a existência desse conjunto.
Mas a administração da Fundação vetou 20, reduzindo a mostra a 159. Também impôs proibição a menores de 18 anos.
João Ribas demitiu-se esta noite do cargo de director.
A administração da Fundação é composta por Ana Pinho, Manuel Cavaleiro Brandão, Manuel Ferreira da Silva, Isabel Pires de Lima, Vera Pires Coelho, Carlos Moreira da Silva, António Pires de Lima e José Pacheco Pereira.
A decisão de interditar as 20 obras foi tomada por maioria ou por unanimidade? Quem votou a favor da interdição? Da Literatura
 
Quem se lembrou de retirar fotos de uma exposição de Mapplethorpe? Também tu, Pacheco? Nas sociedades abertas, como se sabe, qualquer tipo de proibição e em particular a censura tem sempre associado o risco do efeito contraproducente. Ao demitir-se por causa de pilas censuradas*, João Ribas, num gesto de grande dignidade e coerência, inclusive anatómica, pois mostrou ter tomates, só aumentou a pressão para que agora conheçamos as fotos censuradas. A censura não é propriamente inédita, mas profundamente anacrónica. Numa época de conquistas cívicas para todas as orientações sexuais e em que a tecnologia põe gratuitamente à disposição de um adolescente de 14 anos todo o cardápio das opções pornográficas, das fantasias incestuosas à zoofilia equestre, mostrar um pénis numa venerável instituição parece ser o derradeiro tabu, talvez por uma mistura de puritanismo e insegurança masculina, sendo esta inevitável diante dos magníficos bacamartes fotografados por Mapplethorpe. Mas é, se me permitem, uma decisão estúpida como o caralho. Enfim, lanço um desafio. Vamos dar uma pequena ajuda a Serralves e mostrar as 20 vergas que eles provavelmente censuraram. Descubram e mostrem nos vossos blogs essas fotos, pois esta, que não deve ter sido censurada ou então o caso seria do foro clínico, é a minha preferida e não podia perder a oportunidade de a mostrar. 
 
 

Screen Shot 2018-09-22 at 08.07.13.png

 

Adenda a 22.09.18: Após uma leitura mais cuidada, percebo que esta história está ainda muito mal contada, não sendo certo que as fotos censuradas mostrem necessariamente pilas, mas é sábado e não estou com pachorra para alterar o texto. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Pesquisar

Comentários recentes

  • Anónimo

    :-))

  • Anónimo

    Não rola coisa nenhuma. Mas o Ouriquense é o Badoo...

  • Anónimo

    A passagem que cita, assim desamparada, serve melh...

  • Anónimo

    Epá, está rolando aqui um clima? ❤️

  • caramelo

    És um cavalheiro. O honourable John Bercow já tinh...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D