Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

26
Jan20

O maior da sua geração


Eremita


"O protagonista não podia ser outro senão Benedict Cumberbatch, o maior actor de língua inglesa da sua geração (nasceu em 1976). O primeiro episódio é uma explosão de overacting de Cumberbatch.

Transposta para televisão por David Nicholls, a partir do quinteto Melrose — compactado em três volumes na edição portuguesa da Sextante — de Edward St Aubyn, o maior escritor de língua inglesa da sua geração (nasceu em 1960), mantém o grau de corrosão do quinteto autobiográfico, violento, inominável, sobre a infância indizível de Edward St Aubyn, abusado pelo próprio pai dos 5 aos 8 anos de idade." Eduardo Pitta, Da Literatura


Gosto muito da fórmula o "maior/melhor da sua geração". A restrição a uma geração dá credibilidade ao veredicto, porque não é preciso "celebrar" num jantar de curso os 25 anos passados sobre uma licenciatura para sentirmos que os indivíduos de uma geração são uma amostra de uma experiência controlada. Sucede que se abusa da fórmula. Em tempos, lembro-me de o Pedro Mexia ter dito que João Reis (nasceu em 1965) era o melhor actor da sua geração. Será? Como se chega à conclusão de que é melhor do que - por exemplo - Rogério Samora (nascido em 1958)? Não faço a menor ideia. É até possível que os dois não sejam sequer actores da mesma geração, apesar de estarem separados por apenas 7 anos; Reis era um miúdo em 1974 e Samora um adolescente. Enfim, só tenho alguma pena de David Nicholls (nasceu em 1966), pois Pitta não o descreveu como o maior argumentista de língua inglesa da sua geração. Foi chato. 

6 comentários

Comentar post

Pesquisar

Comentários recentes

  • Anónimo

    Começo a ter pena do Ricardo Araújo Pereira. Uma v...

  • Anónimo

    Pago uma imperial no Lux ao sacana que der uma ent...

  • Anónimo

    Ele deve usar máscara... em privado, daquelas de c...

  • Anónimo

    acabei de tomar há pouco a dose diária de Paulo Po...

  • Anónimo

    Alguma novidade no sermão de hoje do Pastor Guedes...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D