Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

13
Abr17

Johnny Gentle


Eremita

Em tamanho, Infinite Jest é apenas um ponto percentual mais pequeno do que Guerra e Paz (tomando por referência uma tradução para inglês), pelo que qualquer passagem premonitória deve ser interpretada como um acaso favorecido pelo tamanho do livro. Mas eis Johnny Gentle, um crooner e actor de B-movies feito presidente dos EUA num futuro próximo, que, num filme de autor, se vira para os líderes do México e Canadá, dizendo-lhes "you have gorgeous souls", e conversa assim com um deles:

 

Gentle: Another piece of pre-tasted cobbler, J.J.J.C.?

P.M. Canada: Couldn't. Stuffed. Having trouble breathing. I would not say no to another beer, however.

Gentle: ...

P.M. can.: ...

gentle: So we're sympatico on the gradual and subtle but inexorable disarmament and dissolution of NATO as a system of mutual-defense agreements.

P.M. can. [Less muffled than last scene because his surgical mask gets to have a prandial hole]: We are side by side and behind you on this thing. Let the EEC pay for their oown defendings henceforth I say. Let them foot some defensive budgets and then try to subsidize their farmers into undercutting NAFTA. Let them eat butter and guns for their oown for once in a change. Hey?

Gentle: You said more than a mouthful right there, J.J. Now maybe we can all direct some cool-headed attention to our own infraternal affairs.

Our own internal quality of life. Refocusing priorities back to this crazy continent we call home. Am I being dug?

 

Obviamente, Reagan ainda está na memória e já estava na memória de Foster Wallace, que escreveu o essencial do livro no final dos anos 80 e primeiros anos da década de  noventa. Mas em 2017, leio internamente os diálogos de Gentle com a voz de Trump enquanto vou fazendo aquelas suas boquinhas idiossincráticas. 

 

 

Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen

Comentários recentes

  • flor

    não desmerecendo o texto, o título é sublime.

  • Sarin

    Fossem ideias e o epíteto banal seria adequado.Mas...

  • Albino Matos

    Este PD n é o PDuarte da Obeissance, pois não?http...

  • Sarin

    Está mesmo errada. Não fariam como não fizeram.Vio...

  • Anónimo

    A bana(na)lidade e o minimalismo de um estado pass...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D