Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

06
Set17

Do communists dream of Joseph Stalin?


Eremita

No Correio da Manhã e também no seu blogFrancisco José Viegas escreveu que "Jerónimo [de Sousa] não é politicamente correto: ele sonha com o soviete de Petrogrado e com as purgas de Estaline". Mesmo sem uma interpretação à letra, trata-se de uma acusação de uma violência pouco habitual, um remate a lembrar a prosa apocalíptica do artigo de Maria João Avillez recomendado por Cavaco Silva, hoje bem comentado por Rui Tavares.

 

Nada sei dos sonhos de Jerónimo de Sousa, mas creio que as purgas de Estaline habitam sobretudo os pesadelos dos comunistas. Ao longo das últimas décadas, a embaraçosa solidariedade incondicional do PCP com todos os regimes comunistas foi deixando de causar incómodo e passou a ser interpretada como um atavismo ou uma relíquia, mas é sobretudo uma necessidade. Tal não decorre apenas do fervor quase religioso dos comunistas e da impossibilidade de renunciar a uma herança pesada sem risco de descaracterização, porque é o sucesso do Bloco de Esquerda enquanto representante da extrema-esquerda moderna e estilizada que hoje condena o PCP à ortodoxia, pelo menos ao nível da simbologia e das posições de princípio sem consequências práticas. O resultado é um partido esquizofrénico. Em Portugal, o PCP é hoje um partido democrático e institucionalizado, sem o fascínio pela violência que seduz alguns intelectuais, movimentos de extrema-esquerda e anarquistas, nem qualquer ilusão sobre a possibilidade de uma revolução socialista. Mas nas suas posições sobre política externa apoia todos os regimes comunistas, que são - sem excepção - totalitários. Será este comportamento sobre política externa um acto falhado revelador das reais intenções dos comunistas? Um acto falhado tantas vezes repetido? Ou será um comportamento ritualizado, de quem sabe que precisa de ladrar mas deixou de querer morder?

1 comentário

Comentar post

Pesquisar

Comentários recentes

  • caramelo

    Olha, está giro, não conhecia isso. Mais um bocadi...

  • caramelo

    Já me disseram que é tecnicamente muito bom (a ref...

  • Diogo Almeida

    Aposto, sem ver mais nada além do trailer, que é u...

  • Sarin

    Subscrito na íntegra.O comentário posterior também...

  • Lowlander

    Caro Caramelo,"Soylent Green is people!!!":)

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D