Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ouriquense

17
Mai18

Daniel Oliveira: Perguntar não ofende

Eremita

download.png

Descontando os humoristas (Unas, Nogueira, Markl, Pedro Teixeira da Mota...), creio que Daniel Oliveira é a primeira figura pública a criar um podcast. Os convidados dos primeiros três programas formam um elenco de luxo: António Costa, Catarina Martins e Ricardo Araújo Pereira. A direita escusa de espernear. Perguntar não ofende é uma iniciativa privada. Se querem equilíbrio, mexam-se.

A conversa com o RAP é sobre o "politicamente correcto", o humor, enfim, o costume. Comecei a ouvir e ainda não acabei. Para já, é surpreendente ouvir RAP a inventar o verbo "caricaturizar" (apercebeu-se do erro, refira-se), sendo ele um profissional da arte de caricaturar que tem tanto cuidado com a língua, mas espero acrescentar um comentário mais substancial a esta conversa. 

 

Ampulheta

 

Ouvi entretanto o resto da conversa, obviamente em multitasking porque aqui no montado também respeitamos o horário de expediente. Já escrevi em tempos sobre o policiamento da linguagem e critiquei a posição de RAP. Curiosamente, apesar de RAP parecer ridículo quando se queixa (mesmo na forma de piada) de ser homem nos dias que correm, creio que ao longo da conversa me fui encontrando num lugar equidistante das posições do humorista (que milita contra o politicamente correcto) e de Daniel Oliveira (que tem uma posição "sensata" sobre o politicamente correcto). Tenho é alguma dificuldade em destilar uma posição, pois cada caso parece ir apresentando dificuldades diferentes. Ainda voltarei ao assunto, mas quem ouvir a conversa e chegar ao exemplo do "mongolismo" versus trissomia 21 não deve comer gato por lebre, pois, RAP e Daniel Oliveira desconhecem a origem do termo apesar de ser extremamente relevante para um debate que os dois já tiveram várias vezes. Quem julga, como eles, que o termo "mongolismo" resulta apenas da parecença entre os indivíduos com trissomia 21 e os Mongóis, está completamente enganado, pois trata-se de uma herança do racismo científico que imperava no século XIX

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Revistas literárias [port]

Revistas literárias [estrangeiras]

Guitarra

Blogs

Cultura

Ajude Fausto:

  • Uma votação em curso

Ouriquense, S.A, Redacções por encomenda

Séries

Personagens ouriquenses

CineClube- programação

  •  

Filmes a piratear

  •  

Filmes pirateados

Alfaias Agrícolas

Apicultura

Enchidos e Presuntos

Pingo Doce

Imprensa Alentejana

Portal ucraniano

Judiaria

Tauromaquia

Técnicas de homicídio

John Coplans

Artes e Letras

Editoras Nacionais

  •  

Literatura Russa

Leituras concluídas

Leituras em Curso

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D