Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

7 comentários

  • Sem imagem de perfil

    RFC

    23.02.18

    ... «dos mestre-escola mais amados», com um.
  • Imagem de perfil

    Eremita

    23.02.18

    Andas a reproduzir comentários em blogs diferentes, como um "troll" russo?
  • Sem imagem de perfil

    RFC

    23.02.18

    Nada, nem ao serviço da NATO nem do Pacto de Varsóvia nem um 007-e-meio ao Serviço de Sua Majestade, nem do Trumpismo nem do Putin nem dos chineses pós-maoistas. Okupar, um gesto de uma subcultura em movimento...

    Nota. Ainda agora escrevi isto a quem não gosta de tricas e assim as classificava: «Não acho, e se as coisas são postas desta maneira em campo aberto (com direito a réplica e a tréplica como se estivéssemos a assistir ao vivo), os leitores deveriam agradecer.»

    Poderias opinar, também.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    27.02.18

    Tenho de confessar que obviamente por falta de entendimento ainda não percebi muito bem o que onde Antonio Guerreiro quer chegar.Talvez pudesse ser um pouco mais claro ou eu menos obscuro se calhar.
    Nelson
  • Sem imagem de perfil

    RFC

    27.02.18

    Nélson, 4U.

    Vi que há por aqui no Ouriquense há movimentações sobre o assunto (li, nomeadamente, que parece que o Eremita andará a bulir em burocracias, nas euro-das-ditas e a trilhar os segredos dos benditos "subsilos" que fizeram as alegrias dos agricultores alentejanos depois da PAC... aguardam-no, portanto, uns Audis ou uns BMW, jeeps topo de gama, quem sabe se sonhou acordado com aquele Tesla Roadster há dias lançado para o espaço e que jura a pés juntos que ele passou pelos céus de Ourique, como diz, mas, disse ele e dizia eu, que depois volta às políticas do espírito... e do corpo).

    Ora, eu tenho duas ou três ideias sobre o "assunto", porque, como já disse algures, juro que não sou um iniciado nessas sociedades secretas ou discretas (nada discretas, não é?), nem noutras!, que nunca li e que não leio as escrituras sagradas e que nem sou dado a esoterismos vários.

    Dito isto, só depois de fazeres um exercício suplementar é que aceito como boa a tua pergunta «onde [é que] o António Guerreiro quer chegar?». E o exercício é este, simples: "E se ser homossexual fosse indiferente - Diário de Notícias", googla por Fernanda Câncio que é o seu artigo, Depois de o leres, não te peço que respondas imediatamente à mesma pergunta «onde [é que] a Fernanda Câncio quer chegar?», relê o artigo do António Guerreiro e, provavelmente, uma parte importante das tuas dúvidas estão ultrapassadas

    Que é, este!, o meu ponto de partida e que provavelmente serão as mais importantes, pelo menos para mim.

    ______

    Entretanto, vou ler o Miguel Vale de Almeida e o Eduardo Pitta que foram sugeridos ali em cima para perceber se eles entenderam, para início de conversa, que o artigo do AG se trata de uma tréplica (coisa que o Eremita não me parece que tenha feito para desgosto de um eventual terráqueo vindo do espaço montado no popó da SpaceX e que, viva!, aterre nos campos de Ourique).
  • Sem imagem de perfil

    RFC

    27.02.18

    «Entretanto, vou ler o Miguel Vale de Almeida e o Eduardo Pitta que foram sugeridos ali em cima para perceber se eles entenderam, para início de conversa, que o artigo do AG se trata de uma tréplica (coisa que o Eremita não me parece que tenha feito para desgosto de um eventual terráqueo vindo do espaço montado no popó da SpaceX e que, viva!, aterre nos campos de Ourique).», cito.

    Ser "queer" ou não ser - Ouriquense - Ouriquense - Sapo, entretanto (work in progress).

    e

    Da Literatura: DO ENRUSTIMENTO, posts de Eduardo Pitta (não sei onde anda o MVA).

    Nota. Li e iria exactamente legendar o meu curto comentário referindo-me ao azedume do... Eduardo Pitta. Ele antecipou-se, mas eu teria mais razão (e o Eremita indicia o estilo): «Homem a abater, portanto. [Adolfo Mesquita Nunes, presumo], Manuel Clemente, o cardeal, subscreveria as teses do enrustimento mais azedo.».
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Pesquisar

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Bah... Até aqui esta nossa quezília estéril não me...

    • Anónimo

      Caramelo, meu lindo.Estás a pedir o quentinho do c...

    • caramelo

      Está certo, vejo que estás baralhado, mas a culpa ...

    • Anónimo

      Eremita Sei embora não por experiencia propria que...

    • Anónimo

      De facto, agora baralhou-me:1. Treslê cinicamente ...

    Links

    WEEKLY DIGESTS

    BLOGS

    REVISTAS LITERÁRIAS [port]

    REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

    GUITARRA

    CULTURA

    SERVIÇOS OURIQ

    SÉRIES 2019-

    IMPRENSA ALENTEJANA

    JUDIARIA

    Arquivo

      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D