Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

12
Out18

As mulheres que odeiam as mulheres


Eremita

Há uns dias, Helena Matos gozou com as parlamentares portuguesas que se manifestaram contra Bolsonaro. Na segunda-feira, na sua medíocre estreia na SIC como "a procuradora", Manuela Moura Guedes repetiu o número. Há razões para acreditar que para Moura Guedes havia a motivação adicional de se vingar de uma antiga colega de painel num programa televisivo para ela - e todos nós, receio - de má memória, mas ninguém duvide que também estas reacções são uma consequência do #MeToo. Um exemplo mais óbvio é a conversa forjada por Teresa Rita Lopes e Raquel Varela a propósito do caso Ronaldo, cuja causa próxima é esta crónica de Ana Sá Lopes. Rita Lopes e Varela limitam-se a replicar o pequeno terramoto que foi o texto colectivo de reacção ao #MeToo publicado por artistas e intectuais francesas. Mas sobre o #MeToo ainda é infinitamente mais gratificamente ler as mulheres do que os homens, talvez pela combinação de autoridade moral, liberdade, interesse e conhecimento que as distingue dos homens. As fracturas entre mulheres são muito curiosas e creio conseguir provar que, apesar de ser homem heterossexual e branco (tenho de me habituar a esta fórmula), não tenho o mesmo gozo perverso com que a direita comenta as fracturas da esquerda, nem me move o fascínio por aquelas figuras paradoxais que criticam ou atacam os seus , como o judeu neo-nazi do filme The Believer

 

Adenda: por coincidência, no Público surgiu uma crónica com o título deste post (não é propriamente um rasgo de originalidade, bem sei), que reitera uma série de argumentos já em circulação é precisamente o texto que não quero escrever.

 

Continua

7 comentários

Comentar post

Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen

Comentários recentes

  • flor

    não desmerecendo o texto, o título é sublime.

  • Sarin

    Fossem ideias e o epíteto banal seria adequado.Mas...

  • Albino Matos

    Este PD n é o PDuarte da Obeissance, pois não?http...

  • Sarin

    Está mesmo errada. Não fariam como não fizeram.Vio...

  • Anónimo

    A bana(na)lidade e o minimalismo de um estado pass...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D