Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

13
Jun12

Deus me perdoe


Eremita

Está a ser uma semana em que já por mais de uma vez fui agredido online por uma famosa prosa de Miguel Esteves Cardoso, o Elogio ao amor. O problema não é a prosa; MEC será sempre a referência da minha geração para uma forma iluminada de olhar a vida e assinou textos memoráveis. O problema são os aficionados de MEC em herd thinking. Não é coisa bonita de testemunhar e chega a ser perturbador ver como a própria prosa do cronista vai perdendo qualidades a cada novo elogio.

 

Este episódio confirma a importância da biblioteca pessoal. Se eu tivesse aberto um livro de crónicas de MEC e (re)lido o Elogio ao amor debaixo do plátano, teria apreciado a prosa, nada incomodado pelo seu tom assertivo, nem pela banalidade da sua ideia central, inúmeras vezes repetida, que é o elogio da paixão violenta, urgente e efémera. Mas o mal está feito e foi assim que uma crónica de Pedro Picoito, expressando uma ideia diametralmente oposta e com chancela do Vaticano, me pareceu tão mais arrebatadora do que as frases de MEC, que os fãs fazem ecoar como clichês. 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Pesquisar

Comentários recentes

  • Anónimo

    Só no intervalo do 1º parágrafo para o 2º é que de...

  • Anónimo

    Vejam a lista de ministros da saúde e os seu currí...

  • Anónimo

    Vasco, diz aí ao Eremita para ele transmitir ao Va...

  • Anónimo

    Meu lindo, tem dias.

  • caramelo

    schhhh, já passou, pronto, tu és um bocado chato.

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D