Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

07
Jun12

O ouvinte em loop


Eremita

Il vit alors que dans sa résolution de ne pas prendre acte, de ne pas avoir été touchée par la nouvelle qui venait de lui être notifiée, de ne pas seulement rester muette, mais d’avoir été sourde comme nous l’affectons, quand un ami fautif essaye de glisser dans la conversation une excuse que ce serait avoir l’air d’admettre que de l’avoir écoutée sans protester, ou quand on prononce devant nous le nom défendu d’un ingrat, Mme Verdurin, pour que son silence n’eût pas l’air d’un consentement, mais du silence ignorant des choses inanimées, avait soudain dépouillé son visage de toute vie, de toute motilité...  Un Amour de Swann

Nas últimas três ou quatro semanas, tenho ouvido o CD de uma secção do Un Amour de Swann incessantemente. Não é a primeira vez que volto a escutar uma passagem, porque oiço e volto a ouvir logo de seguida cada CD antes de avançar para o seguinte, sendo esta a única forma eticamente aceitável de consumir um romance em audiolivro. Porém, a partir da quarta audição a descoberta de novidades cai a pique e, sem exagero, creio que vou na nona. Sem desconsiderar as fontes adicionais de dispersão que nos últimos tempos baixaram a minha capacidade de concentração a níveis históricos, julgo que identifiquei uma armadilha para o ouvinte de romances: ao contrário do que sucede com o livro convencional, em que as passagens aborrecidas são por vezes vencidas com um certo relaxamento da leitura, que tende a tornar-se mais oblíqua e pode traduzir-se até num folhear de página, como única forma do leitor náufrago alcançar em braçadas o capítulo seguinte, quando escutada, a passagem aborrecida é intransponível. Admito que este problema seja mais frequente em ouvintes de livros que também tenham o hábito de voltar atrás para confirmar que o carro está mesmo imobilizado pelo travão de mão ou que revelem qualquer outro gérmen de obsessão. Ou então este episódio prova que, apesar da minha argumentação para equivaler a audição à leitura, no fundo sou ainda vítima do preconceito que procuro vencer, o que me entristece tanto como se viesse a saber que Hitchens se converteu leito de morte e Richard Dawkins ameaçou de morte quem o revelasse. Ainda que tolhido pela possibilidade de uma tão avassaladora derrota, abro agora o livro e começo a ler a passagem aborrecida, contando vencê-la com todos os métodos que uma política de don't ask, don't tell legitimou entre os amantes da literatura. Não reajam, façam como a Mme Verdurin e espelhem no rosto o tal silêncio ignorante dos objetos inanimados. 

 

Ficha Técnica: a série "Recherche" baseia-se na escuta do audiolivro A la Recherche do Temps Perdu: L'Intégrale (111 CD), que conta com André DUSSOLLIER, Lambert WILSON, Denis PODALYDES, Robin RENUCCI, Mickael LONSDALE e Guillaume GALLIENNEAs citações são retiradas da magnífica edição online da eBooks@Adelaide - e viva a Austrália. 


 

Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen

Comentários recentes

  • Anónimo

    Esse seu professor de medicina veterinária devia i...

  • marina

    o escritor que melhor encarna a França de hoje? o...

  • caramelo

    Tenho quase a certeza que concordo absolutamente, ...

  • Lowlander

    Pois amigo anonimo... vamos la a ver entao:Mesmo d...

  • Anónimo

    "A Humanidade consome proteina animal porque esta ...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D