Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

01
Mai12

18


Eremita

Screen Shot 2019-05-04 at 10.39.56.png

(pub) A brief history of romance comics

- Mas como é capaz? Você sorria...

- Eu sorria?

- Sorriu ao olhar para aquele par de namorados.

- Não é uma visão bonita?

- Não, claro que não.

- Tem inveja deles?

- Inveja, desprezo, pena...

- Complexo, isso.

- Não acredito que ainda goste de ver namorados. Francamente, com a sua idade...

- Gosto muito.

- Lembra-se de como foi? 

- Não. Penso em esqueletos. 

- Perdão?

- Esqueletos. É um conselho que lhe dou. Quando tiver um problema de socialização, pense em esqueletos.

- Você deve ser tão esquisito na cama...

- Se um interlocutor a intimida, imagine-o como um esqueleto. Falando como um esqueleto, movendo-se como um esqueleto.

- Para quê?

- Para fazer dele uma insignificância irredutível.

- Lá está você...

- Se o imaginar como um esqueleto, não está a adulterar a realidade, estará apenas a ver mais fundo, mais claro. Tudo o que é acessório desaparece. O estatuto da pessoa, as suas características, tudo. Fica o essencial, ou seja, geralmente não fica nada.

- Um esqueleto...

- Uma entidade que se alicerça num esqueleto. 

- E os namorados?

- Dois esqueletos. Consegue ver? É hilariante. O fémur com fémur... tong, tong.

- O fémur com fémur?

- Sim, aquele som cheio, caloroso... um som de marimba, está a ouvir? 

- Lamento.

 - Os namorados ao som da marimba dos seus corpos. É quase africano... música que reconcilia um cínico com a existência.

- Você é tão esquisito. Isso excita-me. 

- Então veja-me como um esqueleto, que isso passa.

- Ai, não custa nada. É tão magro.

Pesquisar

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eremita, pá!, olha que o outro gajo que profetizo...

  • José Quintas

    Na expectativa do episódio seguinte, adorei a ress...

  • marina

    não consigo saber se a maria adelaide tem irmãos ,...

  • marina

    percebi, mas como disse que é dinheiro herdado não...

  • Anónimo

    Não esqueça e anda muita gente esquecida que quem ...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D