Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

19
Abr12

Complexo de Ourique


Eremita

Tenho elementos que me permitem concluir que o meu correio electrónico foi violado e que não se tratou de um episódio isolado, mas de uma rotina que se prolongou durante meses - uma violação à Josef Fritzl, passo o exagero. Não vos vou aborrecer com mais um discurso de indignado. Creio que devemos tentar retirar algo de positivo de qualquer experiência, mesmo que no caso concreto de positivo sobre apenas a experiência de uma experiência negativa e esta complexa sensação que possui quem foi vítima da maldade de alguém, que tende a fortalecer e legitima o recurso à expressão "condição humana". Curiosamente, não é a primeira vez que isto me acontece, o que diz alguma coisa sobre o meu talento para escolher senhas e as conservar secretas, e talvez me legitime - por acumulação - a aceder à expressão "banalidade do mal". Mas ainda que fique  paralisado de consternação só de imaginar certos conteúdos a serem lidos por uma terceira pessoa, sinto também uma vergonha de segunda ordem, como se de algum modo tivesse a obrigação de brindar o violador da minha correspondência com um segredo que lhe compensasse o peso na consciência pelo acto imoral que praticou (admitindo que tem alguns escrúpulos).  Uma tara sexual por póneis? Uma obsessão secreta pelo próprio violador da minha correspondência? Posições políticas inconfessáveis, como ser racista ou apoiar Morais Sarmento? Prometo não desapontar uma terceira vez.

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post

Pesquisar

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eremita: pensava eu que o link era para as cenas d...

  • Anónimo

    chapada neles

  • Anónimo

    José Sócrates Gonçalves Carvalho Pinto de Sousa, v...

  • Anónimo

    Sempre , sempre mas mais ao são Gonçalves .Nelson

  • Anónimo

    Nelsinho: já rezaste hoje ao São José, ou ainda nã...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D