Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

04
Jul11

Gonçalo M. Tavares, again


Eremita

Desgosto cada vez menos de Gonçalo M. Tavares e desconfio cada vez mais dos membros do júri e das instituições que o premeiam. Sobre os segundos, já me manifestei, parecendo-me cada vez mais óbvio que não é o escritor que corre atrás dos prémios mas o contrário. Em Gonçalo M. Tavares, sem deixar de duvidar do seu experimentalismo, que ainda me parece superficial, admiro a capacidade de criar um universo de geografia imprecisa, a ambição e a simplicidade da sua oralidade - as páginas encerram o valor absoluto da escrita, mas é o diferencial entre a oralidade e o texto que melhor traduz esforço de um  escritor. Ele parece pairar sem esforço sobre todos os outros escritores da nova geração, como uma espécie de anti-Lobo Antunes, isto é, modesto, versátil e pouco dado à autobiografia ficcionada (no romance e na entrevista). Acresce que este homem, sem a espectacularidade intelectual do Foster Wallace, parece ter a mesma bondade e preocupação com o mundo - um agnóstico como eu anda sempre à procura de referências morais. Vou ao ponto de dizer que ele é um português melhor que praticamente todos os outros. Ainda será em 2011 que lerei um livro dele (até agora, só li artigos).

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Pesquisar

Comentários recentes

  • José Quintas

    Nenhuma dúvida sobre o inspirado solo e adjacentes...

  • Anónimo

    ;-)

  • Anónimo

    O Caramelo está ocupado com o clube de fãs do Rui ...

  • Anónimo

    Vá, Caramelo.Da série “Grandes títulos da imprensa...

  • Anónimo

    Estás? Então foi amor à primeira vista, é que esta...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D