Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

09
Abr11

Pierre e Andrei (André)


Eremita

 

 

Do filme L'Offense, de Sanislas Berrier*

 

Quando Dolokhov defronta Pierre num duelo e sai gravemente ferido, ao ponto de o leitor por momentos o julgar morto, senti um enorme alívio. Atraído pela possibilidade de arrumar definitivamente uma personagem cujo nome a minha memória não consegue reter (ou separar de  Denisov), desejei tanto que o homem estivesse morto quanto ansiei pelo regresso do missing in action Andrei (André) à história. Como leitor, sou primário. Uns deformarão a obra-prima de Tolstói  com os seus preconceitos religiosos, nacionalistas, históricos ou literários. Eu consigo fazer o mesmo, mas sem ir além de simples afinidades fonéticas. Uma coisa é certa: quando chega ao livro V, o leitor está viciado no enredo e é possível ler o Guerra e Paz com a ligeireza de quem assiste a uma telenovela brasileira. Moby dick e até o Quijote exigem infinitamente mais.

 

* O tolstoiano reparará que são várias as diferenças entre esta cena e o relato do duelo no livro, mas de todas as cenas de duelos que o Youtube disponiliza, esta é a que mais se aproxima, devendo ser imaginada com nevoeiro (se o nevoeiro em Tolstói também pode fazer de pano que sobe, é sobretudo um efeito especial que convoca para a proximade do corpo-a-corpo os adversários afastados pelas convenções da luta no século XIX - o que serve para batalhas entre exércitos e para os duelos). Vai até ao requinte de incluir uma mulher no fim, que pode bem passar por Hélène, a mulher de Pierre. Uma cabra, acrescente-se.

2 comentários

Comentar post

Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen

Comentários recentes

  • Anónimo

    Confesso que me sinto fascinado por aquela prosa p...

  • Anónimo

    O facto de o senhor ser responsável pelo programa ...

  • caramelo

    Blablá sarabanda alucinante bláblá geração perdida...

  • caramelo

    Eremita, o presidente da CCDR é um gestor público....

  • Maria

    O costume. Tentam a ver se passa. É incrivel o d...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D