Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

28
Dez10

Blogometria


Eremita

Onde também se enunciam os planos de leitura

e a fasquia do número combinado de palavras de prosa de ficção

que definirá um 2011 produtivo.

 

1. A três dias do fim da contagem, creio que apenas métodos berlusconianos poderiam dar a vitória ao Ouriquense neste concurso organizado por lisboetas. Fomos o blog menos votado, mas não me ficaria bem desprezar os 45 adeptos do Ouriquense, sobretudo se foi gente que conseguiu ludibriar e votar uma vez na Morgada e outra nesta casa.

 

 

Feitas as contas, estes 45 votos foram uma surpresa, pois a média de visitas do Ouriquense nos dias úteis fora dos períodos de férias anda pelo redondo 100. Seria preciso uma estatística algo sofisticada para deduzir o número de visitantes fiéis (digamos, os que visitam o Ouriquense pelo menos uma vez a cada três dias), mas creio que não serão mais de 50.

 

 

Visitas em Dezembro de 2010

 

 

 

Se for assim, a percentagem de leitores fiéis ao Ouriquense que preferem este blog a todos os outros que constam da lista a concurso será surpreendentemente alta, mesmo tendo presente que o Ouriquense é claramente um erro de casting, pois aqui não se faz comentário político. Deve portanto haver aqui um erro, mas deixei-me explorar esta conclusão como se fosse José Sócrates.

 

O Ouriquense tem as piores estatísticas de todos os blogs em que já escrevi. Comecei com um blog individual que, sobretudo por ter apanhado a primeira vaga, conseguiu manter-se acima dos 100 visitantes diários durante largos períodos, ao longo de 5 anos. Fundei um blog colectivo que, para blog temático, também teve fases com muitas visitas. Participei num outro blog colectivo e, à boleia de outros, creio que nunca mais gozarei de tantos leitores. Por sorte, houve ainda uma colaboração na imprensa menos conceituada e de grande tiragem, que contribuiu para que a minha conta bancária chegue a zero em Abril de 2011 e não já no mês que se aproxima. Mas por nunca antes ter tido tanto prazer em escrever como aqui, nem a certeza - talvez pateta - de ter desoberto um caminho, agrada-me a ideia de que para umas poucas dezenas de visitantes, ou pelo menos um, a experiência de leitura seja equivalente, sobretudo porque, com tantos textos por acabar e reenvios, dificilmente imaginava alguém alfabetizado com vagar e vontade de entender um enredo a que falta o ritmo do folhetim.

 

2. Os planos de leitura para 2011 são: terminar as notas sobre o Quijote (cuja leitura concluo provavelmente amanhã) e publicar as notas sobre o Guerra e Paz (inglês - audiolivro e livro) e a Recherche (francês, audiolivro e livro). O ano será absolutamente mágico se conseguir ainda publicar notas sobre Catch 22, Pais e Filhos (inglês), Infinite Jest e um Don DeLillo.

 

3. O número mínimo de palavras de ficção que fará de 2011 um ano produtivo é 200 000 (um Crime e Castigo, mais ou menos), dos quais uma metade não pode aparecer no Ouriquense.

2 comentários

Comentar post

Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen

Comentários recentes

  • Anónimo

    O facto de o senhor ser responsável pelo programa ...

  • caramelo

    Blablá sarabanda alucinante bláblá geração perdida...

  • caramelo

    Eremita, o presidente da CCDR é um gestor público....

  • Maria

    O costume. Tentam a ver se passa. É incrivel o d...

  • Margarida

    Um caso estranho...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D