Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

03
Set10

Handicap


Eremita

 




 

Prometo não abusar destes making of de Quem matou Igor?, mas a enorme dificuldade que tenho sinto em descrever espaços deve ser assinalada. A culpa só pode ser da televisão. Antes da televisão, o texto precisava de transmitir tudo e dessa necessidade nasceram as grandes descrições - Os Maias, etc. Isso eu já sabia e provavelmente todos sabemos. O que eu não sabia, apesar do ditado, é que essa necessidade nem sempre cria esse engenho. Primeiro, porque necessidades genuínas há poucas; depois, porque é cada vez mais difícil adquirir aptidões novas, pois  geralmente vamos apenas apurando o que se salvou da infância e adolescência.  Quem matou Igor? será também a aprendizagem possível do acto de descrever - não é um disclaimer, é só um aviso (para os quatro fiéis leitores que acompanham as minhas aventuras por Espanha).

 

Vamos em 11 entradas (os making of não contam). Depois de Inés Sastre, creio que será inevitável esbarrar com Emilio Butragueño, Felipe González, Tomatito, Lluís Llach, Carmen Maura e Victoria April, entre outros*. Evitarei o Verano Azul enquanto me for fisicamente possível. Falar do Verano Azul é um truque fácil, quase pornográfico, o que não deve ser confundido com fantasias envolvendo a personagem Bea e remete antes para a ideia de que "a nostalgia é a nova pornografia".

 

* Eduardo Pitta é grande adepto de organizar nomes por ordem de nascimento. Eu prefiro a organização pela ordem de chegada à memória, que só os menos atentos interpretarão como preguiça. Este método  - é um método, que passo a designar por enumeração automática - cria um gradiente de importância decrescente, o que é uma opinião que não se enuncia explicitamente.

 


Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen

Comentários recentes

  • caramelo

    Tem o seu fascínio, sim, num sentido perverso. Tem...

  • caramelo

    Que é evidente para ti, resulta da tua interpretaç...

  • Anónimo

    Confesso que me sinto fascinado por aquela prosa p...

  • Anónimo

    O facto de o senhor ser responsável pelo programa ...

  • caramelo

    Blablá sarabanda alucinante bláblá geração perdida...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D