Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

06
Set08

...


Eremita

Tenho um desprezo quase total pela análise política. A impressão que fica é de que vale tudo, desde que não se atropele muito a lógica. Acreditamos se um analista político nos disser: "Manuela Ferreira Leite foi inteligentíssima em guardar o seu discurso para depois dos discursos dos candidatos às presidenciais americanas porque vai beneficiar desse efeito galavanizador, as pessoas estão com vontade de ouvir os políticos". Mas também acreditamos se um outro analista nos disser: "Ferreira Leite cometeu um erro ao programar o seu discurso para logo depois dos congressos dos partidos americanos, porque fica diminuída pela comparação". Esta passiva credulidade alimenta o comentário político. O que se comenta não precisa de ser complexo nem uma novidade. Se o público acreditar sempre no que lhe dizem, está assegurado um contraditório que não assenta em qualquer contradição, antes na vontade de dizer sempre alguma coisa, porque terá razão quem fica com a última palavra. É uma regra simples que perpetua esta feira. Tão simples como escrever "Volte, s.f.f" de ambos os lados de uma folha branca, para a tal loira ficar perpetuamente entretida e não aborrecer muito. A loira somos nós. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Pesquisar

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado, eu tenho o .pdf e vendo o artigo,, sei l...

  • Anónimo

    "Tenho calma!"? Fazes ideia da quantidade de confl...

  • Anónimo

    Tem calma, pá!Onde está isso, online?

  • Anónimo

    Após milhares de caracteres e quando pensávamos qu...

  • marina

    concordo em absoluto. a PJ é ambígua :"Os agress...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D