Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

30
Jul19

PCP


Eremita

Nunca fui comunista. Nunca serei comunista. O comunismo sempre me pareceu contra-natura e creio que já tivemos  respostas empíricas em número suficiente para não insistirmos na mesma asneira. Dito isto, é provável que vote no PCP nas próximas eleições legislativas se até lá conseguir evitar declarações de dirigentes do partido sobre política internacional. 

26
Jul19

No princípio era Herzog


Eremita

Screen Shot 2019-07-26 at 09.34.32.png

fonte

A voz de Deus voltou a falar. A profusão de entrevistas longas em podcasts fez-me perceber que os actores são, em média, muito menos interessantes do que os realizadores. E que Herzog continua a ser um dos meus entrevistados preferidos. A propósito, sempre que o ouço a falar inglês com sotaque, sinto ainda mais vontade de aprender alemão. Todos devíamos fazê-lo, porque quem não sabe alemão pensa logo em Hitler quando um alemão se irrita e começa a falar alto, o que é injusto. 

26
Jul19

Boris


Eremita

0_Boris-Johnson-becomes-PM.jpg

fonte

Confesso que não li O Dom Profano, o ensaio assinado por Sócrates sobre o carisma. Na minha definição, o carisma é uma capacidade de sedução pansexual mas assexuada que nos leva a tolerar falhas que consideramos imperdoáveis nas outras pessoas. Infelizmente, o mitómano, impulsivo e megalómano Boris Johnson tem carisma. 

Continua

25
Jul19

Rutger Hauer e o "dever de memória"


Eremita

Roubei a expressão do título a Primo Levi, não sem algum desconforto, mas para ilustrar uma tese que me parece virtuosa. Rutger Hauer morreu ontem e tem sido invariavelmente lembrado pelo papel que desempenhou em Blade Runner. Nada contra, é o trabalho dos jornais. Eu recordo Hauer sobretudo como o actor de The Hitcher (1986), que julgo ter sido traduzido entre nós como Terror na Auto-Estrada.  O filme nunca chegará à Criterion Collection mas funciona muito bem como terror realista que passa a condicionar os nossos actos. Por causa deste filme, Hauer está para o acto de oferecer boleia como o tubarão branco de Jaws para o mergulho no mar. O dever de memória é isto: lembrar quem parte pela forma como nos marcou e não por aquilo que os jornais dizem que conta. 

 

 

22
Jul19

A falta que faz um editor


Eremita

Não há um fio condutor que determina o devir histórico e, já agora, não são as “massas” que fazem a História, como decorre do pensamento do velho filosofo alemão que escreveu o Manifesto Comunista Teresa de Sousa, Público

A qual dos dois filósofos que escreveram o Manifesto Comunista se referia Teresa de Sousa? Uma dica: ambos tinham barba farta. 

Aproveitando o périplo de Benfica e Sporting pela América do Norte, vamos começar esta newsletter com um pouco de "americano", como dizia esta semana um comentador da SportTV: the grass is always greener on the other side. Não sei exatamente de onde veio a expressão, ainda que Ovídeo já tenha escrito algo semelhante há tanto tempo quanto o tempo que nos leva a esquecer um amor - "the harvest is always richer in another man's field", em "Ars Amatoria" -, mas sei que este é um belíssimo lema para a nossa tão amada pré-época, onde os sonhos de todos são diretamente proporcionais às vitórias sobre uma equipa da 3ª divisão suíça ou coisa que o valha. Mariana Cabral, Expresso

Parafraseando Miriam A. Ferguson, que aparentemente nunca terá dito a asneira que lhe atribuem, ""if English was good enough for Jesus Christ, it ought to be good enough for Ovid".

 

20
Jul19

Close Listening (6)


Eremita

Screen Shot 2019-04-07 at 12.46.38.png

July 14- 19, 2019

Screen Shot 2019-07-20 at 10.12.13.pngScreen Shot 2019-07-20 at 10.50.26.png

After a long and unannounced hiatus, I'm resuming this series with two recommendations. The first is the pair of episodes ((pub)1 and (pub)2) of the Very Bad Wizards podcast in which the hosts (Tamler Sommers and David Pizarro) riff on two of the most popular cult movies of the last 25 years: Pulp Fiction (1994) and The Big Lebowski (1998). If you are a fan of both movies, you won't learn much, but discussions about rewatchable movies don't have to bring any novelty. The second is the first episode of (pub)The Portal, the new podcast of one of the founders of the so-called intellectual dark web, Eric Weinstein [for the Portuguese crowd, it's pronounced "uainstáin" as opposed to the "uainstiin" in Harvey Weinstein]. He has a Ph.D. in physics but did not pursue a career in academia and likes to present himself as an outsider, in a growing tension with Sean Carroll, a man from the scientific establishment  and - apparently - Weinstein's nemesis. Oddly, the anti-establishment Eric infant terrible Weinstein decided to make the first episode with... his boss. However, who would miss the opportunity to interview (pub)Peter Thiel

Pág. 1/4

Pesquisar

Comentários recentes

  • José Quintas

    Nenhuma dúvida sobre o inspirado solo e adjacentes...

  • Anónimo

    ;-)

  • Anónimo

    O Caramelo está ocupado com o clube de fãs do Rui ...

  • Anónimo

    Vá, Caramelo.Da série “Grandes títulos da imprensa...

  • Anónimo

    Estás? Então foi amor à primeira vista, é que esta...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D