Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

10
Set16

Lobotropismo


Eremita

Reunião extraordinária marcada para amanhã. Assunto: 1) como piratear uma cópia do filme Cartas de Guerra, de Ivo M. Ferreira - ética e técnica; 2) o "quem, quando e como" de caiar a nossa parede.

 

O cineclube, como projecto para dinamizar a vida cultural de Ourique, não chegou a pegar, em parte por falta de apoios camarários. Mas seria desonesto culpar o poder autárquico por um capricho nosso. Cedo percebemos que as nossas sessões ao relento em noite de Lua Nova, com a imagem projectada na única parede imaculadamente caiada entre as poucas do monte que ainda não ruíram, eram demasiado preciosas para as trocarmos por ciclos de cinema no cineteatro da vila e nenhuma avença demoveria o rapaz do cineclube, que se mantém um espírito livre, apesar de hoje se desgastar numa busca por subsídios estatais, patronos e outros contactos úteis à carreira de um jovem cineasta, azáfama precipitada quando cumpriu um quarto de século por talvez ter sentido a efemeridade da existência e avaliado as hipóteses de ser o próximo Miguel Gomes, esquecendo-se de que Miguel Gomes ainda é suficientemente novo para ser o próximo Miguel Gomes. 

A escolha de Cartas de Guerra reuniu consenso, embora por motivos diferentes. O rapaz quer tirar medidas ao realizador Ivo Ferreira, o judeu não perde um filme de guerra e eu sofro de um lobotropismo que denuncia uma adolescência vivida nos anos oitenta. Naturalmente, estamos todos predispostos a fazer pontes para as adaptações cinematográficas de três obras do arqui-rival Saramago (A Jangada de Pedra, Ensaio sobre a Cegueira e O Homem Duplicado) e as colaborações entre Agustina e Manoel de Oliveira, e também nos move a curiosidade sobre como terá Ivo Ferreira resolvido a dificuldade que é fazer cinema comercial (isto é,  dependente de uma narrativa) a partir de um autor que despreza as histórias. Muito a propósito, leia-se o competente Carlos Natálio e a Sara Figueiredo Costa.

10
Set16

Sublimação


Eremita

Escrever sobre Israel e a Palestina foi um ritual de passagem para qualquer jornalista ambicioso, mas escrever sobre a indústria da pornografia ainda é um dos exercícios obrigatórios do jornalista (masculino) com pretensões literárias. 

"A pornografia tem desde sempre na sociedade portuguesa uma posição de missionário. Tem inerente um preconceito íntimo, guardado como um animal de estimação, que se torna feroz nas horas vagas. Uma bolinha vermelha que prevalece no canto superior da consciência coletiva." 

Luís Pedro Cabral, hoje, Expresso, numa notável sequência que deixou o seu editor prostrado e a pensar em José Sócrates.

 

"A strange and traumatic experience which one of yr. corrs. will not even try to describe consists of standing at a men’s room urinal between professional woodmen Alex Sanders and Dave Hardman. Suffice it to say that the urge to look over/down at their penises is powerful and the motives behind this urge so complex as to cause anuresis (which in turn ups the trauma). Be informed that male porn stars create around themselves the exact same opaque affective privacy- bubble that all men at urinals everywhere create."

David Foster Wallace nos Annual AVN Awards de 1998 (ensaio reportagem Big Red Soon, que aparece na colectânea Consider the Lobster). 

Pesquisar

Comentários recentes

  • Anónimo

    Vasco: diz-se agora na Visão que o teu amigo João ...

  • Anónimo

    ... guê de gugu, assim gadget.

  • Anónimo

    Adenda... ó Vasco: tal como o Galamba, o Siza, o C...

  • Anónimo

    Vasco, Vasco, Vasco.«Nós queremos ter Natal! E que...

  • Anónimo

    Off.Da série “Subsídios para um Dicionário Breve d...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D