Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

OURIQ

Um diário transladado

OURIQ

Um diário transladado

27
Dez14

Moinho

Eremita

Ali da espreguiçadeira, que bom seria levantar os olhos da leitura de um dos romances russos sem sair da sombra do plátano e ver as pás de um moinho a girar. Mas até esta vontade, que nasce enxuta de perversões sexuais e por pura coincidência seria exemplo de consciência ecológica, me está agora negada na sua forma pura. Só se fosse mais novo, rico ou um verdadeiro eremita que não tivesse que conviver com as gentes de Ourique, porque de nada adiantaria frisar que se trata de um desejo perene, fruto de um encantamento por soluções antigas e de um gosto pela Física do liceu. Logo a minha cabeça tratou de engendrar o plano de um furo de água, a construção de um tanque, a instalação de um sistema de rega... Enfim, antes que me desse conta da autocensura, já um pomar de 3 hectares de romãzeiras vingava por ali. Se tudo corresse bem, passaria a ser um pequeno fruticultor, poderia exibir uma fonte de rendimento e justificar a compra de um Aerocondor número 3 para puxar a água do furo com o argumento de que a inércia da armação e o trabalho de parafusos que o eleva a 12 metros de altura desencoraja o larápio habituado a furtar bombas de água nas propriedades mal vigiadas. Mas o que eu queria mesmo era olhar para o moinho, embora goste muito de romãs. Quantos assumem publicamente os seus desejos? E que preço pagam por isso?

15
Dez14

Livro da vida

Eremita

9782253160496.jpg

 

 

Há dois tipos: os que empreendem na esperança de atingir a glória de um Bill Gates e os que o fazem na certeza de estarem a cumprir o destino de Bouvard et Pécuchet.

Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen #ref-menu

Comentários recentes

  • Anónimo

    não se pode generalizar: deputados sim, não deputa...

  • Aseve

    E há cada vez mais; os imbecis pululam por tudo qu...

  • Eremita

    Infelizmente, a este ritmo continuarei a ser chato...

  • marina

    letra b -boring boring boring

  • A rapariga do autocarro

    Acho que por cá também há belos espécimes masculin...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D