Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

06
Jan10

Ecos de uma outra vida


Eremita

Nos tempos da academia, era frequente pedir e responder a pedidos de artigos, em pdf. Nenhuma destas mensagens me ficou na memória, excepto esta lista, de alguém que andava a estudar para ser padre:

 

 

Celibacy of Catholic priests. Time for root and branch reform.

Scott-Samuel A.

BMJ. 2009 Jun 29;338:b2621


Celibacy of Catholic priests. Points of information.

Keeley PW.

BMJ. 2009 Jun 29;338:b2619

06
Jan10

A Utopia


Eremita

 

Olivro de Thomas More começa a parecer interessante. A primeira parte (preâmbulo e livro I) desmotiva, porque More perde muito tempo com os artifícios de ficção que lhe permitirão desenvolver ideias bizarras e até heréticas para a época com o distanciamento que qualquer pessoa sensata recomendaria. É um exercício essencial, mas aborrecido para o leitor. 

 

O livro II, em que se descreve a ilha, é fascinante. A comparação está gasta, mas A Utopia faz mesmo lembrar uma versão pré-marxista do comunismo. E nem mesmo como ficção ou coisa idealizada atrai. Pensava ir encontrar uma sociedade com uma organização superior e afinal dei com um kibutz. Enfim, o que me seduziu mesmo até agora (página 84 de 172, na tradução de José Marinho editada pela Guimarães) foi um dos jogos de salão a que os utopianos se dedicam: o combate dos vícios e das virtudes. Pela descrição, soa a resumo da condição humana e já alimentei um projecto megalómano muito parecido, em que descreveria a rede de vasos comunicantes que liga uma virtude a todas as outras e a todos os vícios, estando cada vício também ligado a todos os outros e, naturalmente, a todas as virtudes .

 

 

04
Jan10

Regresso ao cineclube


Eremita

 

 

 

 

Uma resolução de fim de ano do rapaz do cineclube foi voltar ao saque de filmes em Lisboa. Este jovem fez uma depressão há umas semanas, quando lhe sugeriram que seria mais simples recorrer ao download de filmes. Alguns pensaram que ele se viu sem projecto de vida e por isso se deixou abater, mas outros - como eu - ainda defendem que o miúdo fraquejou por se sentir incompreendido. Não perceber que é pelo esforço investido no saque das imagens um filme numa qualquer sala da capital que as sessões do cineclube ganham sentido é reger-se por um pragmatismo absurdo. Suspeito que esta tecnocracia aplicada às horas vagas, que faz de um cobarde e preguiçoso download uma solução ideal, foi ideia de uma das libertinas. Estas gajas ainda não perceberam que o cineclube é uma célula  de activismo cultural contra a hegemonia da capital. O rapaz não anda a pôr bombas no Monumental porque é um moderado e tem familiares lisboetas, mas roubar as imagens que são projectadas na capital e oferecê-las de borla aos ouriquenses, na mesma semana em que estreiam em Portugal, é o seu manifesto.

 

Ontem vimos o Un Prophète. A sensação que experimentei foi absolutamente nova. Havia familiaridade misturada com supresa, como se passasse por um déjà-vu irrecuperável. Só no fim percebi, quando uma das libertinas passou por mim e me disse que sou parecido com Malik, o delinquente que é personagem principal. Tem só alguma razão, mas é a primeira vez que reconheço alguma parecença com um actor. Escusava era de o ter sussurrado ao ouvido.

 

 

04
Jan10

VIII


Eremita

John Coplans

 


9.04.08 Há quem não se reconheça no sexo que lhe coube em sorte e quem se estranhe ao espelho. Nunca experimentei tais aflições, mas há décadas que um centímetro quadrado parece não me pertencer. Fica na parte interna do cotovelo direito e sinto-o como um enxerto de pele de alguém com nervoso miudinho.

04
Jan10

Reforma antecipada


Eremita

Em quem já não trabalha, a tensão de segunda-feira resiste como um subtil atavismo. Mas é insuficiente para fazer da semana uma unidade de tempo. Tendo desaparecido a melancolia exclusivamente associada ao domingo, que se alargou aos outros dias, só me resta mesmo voltar à ribeira do Cotovio com alguma regularidade, para ir sentindo o pulsar dos dias sem ter de esperar pelo fim dos meses.

 

 

03
Jan10

Lista de livros de 2009


Eremita

Moby-Dick não ganhou, por demérito meu. Mas The Great Gatsby  ganha e  por unanimidade.  Uma das vantagens de estar atrasado em relação ao buzz literário mais de 80 anos é a boa figura que faremos daqui a 200 (penso nos tetranetos). 

 

 

 

03
Jan10

Um cachecol


Eremita

Ainda em Lisboa, apareciam entre a minha roupa itens que eu sabia de quem eram. Depois de me mudar para aqui, começaram a surgir itens que eu apenas sei que não me pertencem. Dou por eles anos depois do extravio e, por isso, quase nunca é roupa interior, que não se esquece nem deixa de ser imediatamente notada na pilha da roupa suja. Abundam as T-shirts, que dobradas podiam ser minhas, mas que deformaria ou faria ceder pelas costuras se as vestisse. Também frequentes são os acessórios: echarpes, bandoletes e até alguma joalharia, quase sempre barata, embora a revelar bom gosto. A última peça foi um cachecol, tão andrógino que tive vontade de usar, mas sobretudo por causa do mau tempo. Não é só a chuva. Tem feito muito vento em Ourique. 

 

 

 

 

 

02
Jan10

Manuel Barrueco vai a Lisboa


Eremita

 

 

A 7 de Janeiro, no Grande Auditório da Gulbenkian, podemos contar com duas presenças: Manuel Barrueco e Jaime,  o único surfista vivo de Ourique e o meu moço de recados, que estará equipado com o seu telemóvel Nokia XpressMusic, o meu teatrofone.

 

Agora que já tenho o bilhete de Jaime, posso lançar o apelo: Lisboetas, não me façam passar vergonhas, alimentem o mercado negro deste concerto, acampem de véspera nos jardins do arquitecto Ribeiro Telles, encham a sala, aplaudam este homem até à exaustão ou ao décimo quinto encore, atropelem-se à saída por um pêlo da barba do concertista, façam de conta que são os U2. 

 

Pág. 6/6

Pesquisar

Comentários recentes

  • Rui

    Só acho extremamente redutor dizer que as denúncia...

  • marina

    o Pinto não tem culpa , a Policia Judiciária , tod...

  • Dylan

    De facto, defender alguém que cometeu extorsão na ...

  • Anónimo

    Ok Eremita, fica a dúvida então.

  • Eremita

    Dá-me uma boa razão para partilhar informação sobr...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D