Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

24
Ago08

...


Eremita

Sempre que alguém revela ter descoberto uma parecença, seja no campo da fisionomia ou das artes, avanço com indisfarçável curiosidade, porque é como se uma alma alheia se expusesse por uma fresta. No caso presente, não tive dificuldade em encontrar paralelos entre as melodias recorrentes na banda sonora Letters from Iwo Jima e Quadros de uma Exposição, de Mussorgsky, sem que por isso tivesse experimentado aquela frustração sadia que tantas vezes se exprime por um "como é que não me lembrei disto?".  É verdade que as melodias têm uma extensão semelhante, só que a de Letters é ligeiramente mais longa, e os arcos que descrevem, inicialmente sobreponíveis, acabam depois por se afastar. Talvez a associação resulte do intervalo inicial (uma terceira menor) - que na Promenade tem uma nota de passagem - mas ainda me parece fraca, pois a melodia de Mussorgsky é muito assertiva, contrastando por isso com a fluidez da  de Letters, que lhe vem dos elementos sincopados, e também com a sua toada contemplativa, dada pelas notas longas. Creio que mais depressa a associo a uma Gymnopedie de Satie que aos Quadros de Mussorgsky. Enfim, não se trata de rebater a associação nem sequer de sugerir que as notícias de certos furtos são algo exageradas, entrego-me apenas a um passatempo. Nós aqui no campo temos sempre muito tempo.

 

 

 

Adenda: esta melodia ficou a ecoar umas horas na cabeça e foi simpaticamente ao encontro de um fragmento que retive de um dos programas musicais de rádio de um rapaz que escuto sempre com atenção, o compositor e intelectual Pedro Amaral. Ouviu-se então a Missa L'homme armé super voces musicales, de Josquin des Prés. E não é que o Agnus Dei, por volta do minuto dois, segundo trinta e tal arranca assim?

 

 

 Só ouvido, mas garanto-vos que não se encontra naco de melodia mais parecido ao Letters em todo o Quadros de uma Exposição

1 comentário

Comentar post

Pesquisar

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eremita, pá!, olha que o outro gajo que profetizo...

  • José Quintas

    Na expectativa do episódio seguinte, adorei a ress...

  • marina

    não consigo saber se a maria adelaide tem irmãos ,...

  • marina

    percebi, mas como disse que é dinheiro herdado não...

  • Anónimo

    Não esqueça e anda muita gente esquecida que quem ...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D