Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

27
Dez09

VII


Eremita


John Coplans

 


7.04.08 Nos magros, a gordura chega sempre de repente. Explicando melhor: a progressiva e lenta acumulação de gordura não impede que a sua percepção seja uma surpresa. Uns homens entendem-na como a somatização de um trejeito feminino e outros aceitam-na como um sinal da inexorável marcha do tempo. Mas em ambos há um fascínio juvenil pelas qualidades deste novo tecido, que lhes era tão estranho. A forma como a gordura reage ao toque, propagando à superfície o impacto que os tecidos ricos em colagénio logo absorvem, é novidade. A película de gordura no peito e sobre os ombros sente-me como um casaco que se sabe vestir mas não se comprou, sobretudo nas poses pouco usuais ou maneiristas. Há um certo fascínio nesta capacidade de o corpo mudar a forma, que restaura a esperança em mudar o feitio. Naturalmente, este ânimo só dura uns quilos.

 

Do princípio de papada falarei mais tarde e termino com a gordura localizada na barriga. É a mais feminina de todas, pelo menos ao tacto. Chega a parecer gordura de matrona ou de jovem menstruada que ganhou celulite. Tudo depende do ângulo de incidência da luz. No couro cabeludo, a luz não deve incidir de topo, para que um homem mantenha a ilusão de cabeleira farta. Na barriga, a luz nunca deve incidir obliquamente, para que as pregas não ganhem o volume da sombra e, sobretudo, para que aquela superfície imperfeitamente lisa não pareça ainda mais acidentada. Envelhecer bem não é apenas a arte de saber comer e fazer exercício. Envelhecer bem só se consegue com uma boa luminotecnia. E quando tudo falha, apaga-se a luz.


3 comentários

Comentar post

Pesquisar

Comentários recentes

  • caramelo

    Olha, está giro, não conhecia isso. Mais um bocadi...

  • caramelo

    Já me disseram que é tecnicamente muito bom (a ref...

  • Diogo Almeida

    Aposto, sem ver mais nada além do trailer, que é u...

  • Sarin

    Subscrito na íntegra.O comentário posterior também...

  • Lowlander

    Caro Caramelo,"Soylent Green is people!!!":)

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D