Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

OURIQ

Um diário trasladado

OURIQ

Um diário trasladado

18
Out09

A hipótese do mulatinho


Eremita

  

 

A vontade de matar Igor é cada vez menor, o que melhora o autor e piora o Ouriquense. Preciso de encontar uma solução de compromisso. A mais simples consiste em fazer coincidir este anticlímax com um outro clímax, na esperança de que o saldo para o entusiasmo do leitor seja positivo e não uma simples soma nula. É neste quadro que surge a hipótese do mulatinho. Se Tatiana der à luz um mulato na véspera do dia que escolhi para matar Igor, não terei vontade de despachar tão infeliz criatura ou então, havendo vontade, não seria inteligente fazê-lo, por na prática corresponder a um gesto de compaixão. Fico assim impedido de matar e o leitor apreciaria que Igor passasse de cadáver adiado a cornudo da vila.

 

O despertar do racismo latente entre a população ouriquense seria também uma forma de começar o fresco social, até agora ausente, para depois dissertar sobre o sonho adiado de uma reforma agrária no Baixo-Alentejo - no fundo, o que os leitores mais interessantes gostariam de ver aqui tratado.

 

Por fim, do Jesus do Novo Testamento ao Rosemary's baby do Polanski, sabe-se que um tema recorrente na ficção é a concepção com o empenho de entidades sobrenaturais. Se o fantasma de Ricardo Chibanga fizer um filho a Tatiana, o Ouriquense não ganharia em originalidade, mas a solução parece-me tão eficaz que não vejo forma de a rejeitar.  De uma assentada, Tatiana continuaria imaculada (tudo aconteceria durante o sono dela) e talvez até retroactivamente (como não especular sobre a impotência de Igor?), o leitor Luiz Pacheco rejubilaria com a descrição detalhada de uma cena de sexo entre uma europeia de leste e um matador negro, e, por ser formalmente impossível matar um fantasma, o narrador teria de encontrar formas mais sofisticadas de veicular a frustração, para benefício do enredo e dos monólogos digressivos.

 

1 comentário

Comentar post

Pesquisar

Pub e serviços

Screen Shot 2019-04-07 at 17.13.03.png

”Screen

Comentários recentes

  • Eremita

    Bom link. Obrigado.

  • Anónimo

    http://www.nyu.edu/classes/gmoran/WILLIAMS.pdf

  • Anónimo

    psiquiatra atento18 de Setembro de 2019 às 14:24O ...

  • Eremita

    Não sei de onde tiraste essa ideia. Ontem, logo de...

  • Anónimo

    Sabes que muita gente está perfeitamente convencid...

Links

WEEKLY DIGESTS

BLOGS

REVISTAS LITERÁRIAS [port]

REVISTAS LITERÁRIAS [estrangeiras]

GUITARRA

CULTURA

SERVIÇOS OURIQ

SÉRIES 2019-

IMPRENSA ALENTEJANA

JUDIARIA

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D