Terça-feira, 25 de Setembro de 2012
Terça-feira, 25 de Setembro, 2012

Durante as sessões, o movimento pendular do baloiço transporta o Judeu para um estado quase hipnótico e eu aproveito para o conhecer um pouco melhor. O terramoto de ontem não nos fez abortar a experiências que havíamos planeado para a meia-noite - ele anda caprichoso com as horas. 

 

Continua



Eremita às 23:07
# | comentar

Domingo, 4 de Dezembro de 2011
Domingo, 04 de Dezembro, 2011

[actualização]


Resultados de 3 de Dezembro de 2011 (de madrugada e pela calada)

Largado sem impulso de um ângulo de 60º, o baloiço demorou 1 minuto e 43 segundos a imobilizar-se. Quando lubrificado com o óleo do inventor [amostra A6], demorou 8 minutos e 10 segundos. O inventor ficou satisfeito com o resultado e disse-me - outra vez - que conseguirá chegar aos 10 minutos ainda antes do Natal. Acrescentou depois que é tempo de voltar a ler Gaston Bachelard. Transcrevo:

 

- Bachelard. Gaston Bachelard, leste?

- Dava-se no liceu.

- Mas leste?

- Fiz um trabalho de grupo. Já nessa altura a minha relação com os intelectuais franceses era complicada.

- Eu li-o demasiado novo e não percebi nada, mas estou agora em melhor posição para o perceber do que aqueles que nem sequer percebem o suficiente para se darem conta da sua incompreensão.

- É a tua ruptura epistemológica.

- Não digas disparates.

- Desculpa. Foi um comentário à Carlos Magno.

- Algo anacrónico, eu diria. 

- Este ainda é vivo. Carlos Magno, o jornalista...

- Nunca ouvi falar.

 

 


 


 



Eremita às 06:58
# | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 26 de Abril de 2010
Segunda-feira, 26 de Abril, 2010

 

Progress report


 

 

 

 

Resultados de 3 de Outubro de 2009 (de madrugada e pela calada)

 

Largado sem impulso de um ângulo de 60º, o baloiço demorou 1 minuto e 42 segundos a imobilizar-se. Quando lubrificado com o óleo do inventor [amostra A15], demorou 4 minutos e 10 segundos. O inventor ficou satisfeito com o resultado e disse-me que conseguirá chegar aos 10 minutos ainda antes do Natal. Entendi não o informar que, na minha cabeça, aquele baloiço ainda não se imobilizou e que entretanto passaram mais de 30 anos.

 

Resultados de 26 de Abril de 2010 (de madrugada e pela calada)

 

Largado sem impulso de um ângulo de 60º, o baloiço demorou 1 minuto e 44 segundos a imobilizar-se. Quando lubrificado com o óleo A34 do judeu (o inventor), demorou 7 minutos e 23 segundos. O judeu ficou satisfeito com o resultado e disse-me que conseguirá chegar aos 10 minutos ainda antes do Natal. Entendi que seria pouco delicado perguntar-lhe se ele se referia ao Natal de 2010.




Eremita às 09:47
# | comentar


.pesquisar neste blog
 
.Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
15
17

22
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O dia em que o Judeu rezo...

. Bachelard

. A máquina do movimento pe...

.arquivos
.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds