Sábado, 26 de Novembro de 2016
Sábado, 26 de Novembro, 2016

Assim, também perante os mastins do Engenheiro (e sem dúvida perante os dois setters que estão no café com a jovem amazona), o que intriga é o instinto de classe dos cães das casas abastadas, a maneira como escorraçam o pobre e como emparceiram com o rico, ainda que não o conheçam. Avaliam o suor da miséria pelo faro, é o que se depreende. E pelo olhar, a timidez. (Como se comportarão os dois setters ali, diante do perdigueiro do Batedor?) Até entre os cachorros a lei geral é simples, acompanhando-se ou repelindo-se conforme a autoridade com que vêm dotados, porque todos são portadores dos cheiros da fome ou da abundância dos patrões. José Cardoso Pires, O Delfim



Eremita às 19:32
# | comentar


.pesquisar neste blog
 
.Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
15
17

22
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. A lei geral

.arquivos
.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds