Sábado, 4 de Março de 2017
Sábado, 04 de Março, 2017

Após uma manhã a ler cronistas lusos, confirmo que Pedro Santos Guerreiro é o nosso Aaron Sorkin. Reconheço algum poder no enlevo moralizador da prosa do director do Expresso, mas creio que o autor se deixa seduzir pelas suas próprias palavras e o texto acaba por soar a discurso para arrebatar plateias, manipulação que este leitor dispensaria. A crónica de hoje, sobre as declarações de Salgado, em que a novidade é ouvir-se o banqueiro a "justificar-se,  em vez de negar", tem uma passagem praticamente gongórica que deixou a milhas a concorrência. A rematar um parágrafo em que Santos Guerreiro se mostra perplexo com aqueles que, ganhando um ordenado chorudo, se deixam corromper por mais alguns milhões, lemos: 

 

Quando é que o dinheiro chega? É ter um barco maior, outro Malhoa? É ir aos palácios da luxúria esfregar-se em ruminância alarve no colchão das ganâncias? Pedro Santos Guerreiro, Expresso

 

Seria mesquinho reduzir a excepcionalidade da frase a negrito à inclusão de uma palavra ("ruminância") ausente dos dicionários que consultei, pois é a imagética onanista, isto é, fálica, alusiva à avareza, luxúria e egocentrismo que a torna singular. 



Eremita às 12:02
# | comentar

2 comentários:
De xilre a 4 de Março de 2017 às 15:33
Merecia, em jeito de ilustração, «O grande masturbador» de Dali (que tem como tom predominante o dourado, ainda por cima).


De Lourenço A. Cordeiro a 21 de Março de 2017 às 21:15
Hoje, então, foi um home run:~

«Jeroen Dijsselbloem sonha com Lucrécias Bórgias e imagina um país de bacos, bacantes e bacanais a gastar em lixos, luxos e luxúrias, de homens lúbricos de prazeres ímpios troando orgasmos fiados com os cantos da boca molhados pela língua a baloiço.»

http://leitor.expresso.pt/#library/expressodiario/21-03-2017/caderno-1/opiniao/dijsselbloem-no-bordel


Comentar post

.pesquisar neste blog
 
.Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
15
17

22
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Marcação homem a homem

. Dijsselbloem dixit

. "Agustina já não vende"

. Estilo e catarse

. Tough call

.arquivos
.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds