Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ouriquense

04
Jan10

Regresso ao cineclube

Eremita

 

 

 

 

Uma resolução de fim de ano do rapaz do cineclube foi voltar ao saque de filmes em Lisboa. Este jovem fez uma depressão há umas semanas, quando lhe sugeriram que seria mais simples recorrer ao download de filmes. Alguns pensaram que ele se viu sem projecto de vida e por isso se deixou abater, mas outros - como eu - ainda defendem que o miúdo fraquejou por se sentir incompreendido. Não perceber que é pelo esforço investido no saque das imagens um filme numa qualquer sala da capital que as sessões do cineclube ganham sentido é reger-se por um pragmatismo absurdo. Suspeito que esta tecnocracia aplicada às horas vagas, que faz de um cobarde e preguiçoso download uma solução ideal, foi ideia de uma das libertinas. Estas gajas ainda não perceberam que o cineclube é uma célula  de activismo cultural contra a hegemonia da capital. O rapaz não anda a pôr bombas no Monumental porque é um moderado e tem familiares lisboetas, mas roubar as imagens que são projectadas na capital e oferecê-las de borla aos ouriquenses, na mesma semana em que estreiam em Portugal, é o seu manifesto.

 

Ontem vimos o Un Prophète. A sensação que experimentei foi absolutamente nova. Havia familiaridade misturada com supresa, como se passasse por um déjà-vu irrecuperável. Só no fim percebi, quando uma das libertinas passou por mim e me disse que sou parecido com Malik, o delinquente que é personagem principal. Tem só alguma razão, mas é a primeira vez que reconheço alguma parecença com um actor. Escusava era de o ter sussurrado ao ouvido.

 

 

2 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Blogs

Cultura

Ajude Fausto:

  • Uma votação em curso

Ouriquense, S.A, Redacções por encomenda

Séries

Personagens ouriquenses

CineClube- programação

  •  

Filmes a piratear

  •  

Filmes pirateados

Alfaias Agrícolas

Apicultura

Enchidos e Presuntos

Pingo Doce

Imprensa Alentejana

Portal ucraniano

Guitarra

Judiaria

Tauromaquia

Técnicas de homicídio

John Coplans

Artes e Letras

Editoras Nacionais

  •  

Literatura Russa

Leituras concluídas

Leituras em Curso

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D